terça-feira, 12 de julho de 2016

Só eu sei!



Passados tanto tempo
Só eu sei...
Como foi o momento...
O sofrimento
A solidão
O desamparo
Os tantos tormentos
Foi difícil, muito difícil
O reerguer
O superar
Chegar até o “vencer”
Censuras, críticas...
Também carinhosas ajudas
Há como imaginar
Mas a dor que eu sofri
Só eu sei
O que realmente vivi




terça-feira, 5 de julho de 2016

Acordo impossível



Cuidado com o teu sono!
Ele não é confiável
Um monstrengo terrível...
Fala mansa, fala mole...
Faceiro... todo cheio de jeito
De tititis e trololós...
De historinhas de ninar pra contar
Vai seduzindo a mente da gente
Deixando os nossos dedos ligeiros
E quando você menos espera
Ele te faz travar o relógio
Prender seus ponteiros
Te põe no entrevero
Aí... o desespero
Isso não é nada maneiro!



sábado, 2 de julho de 2016

Questionamentos


Qual é o momento?
Qual é a situação?
Qual é a dimensão?
Qual é a posição?
Sentimento ou razão?
Pense bem...
Aí sim...
Libere a vazão


Seguir por Email

Translate

Total de visualizações de página

Estatísticas