sábado, 11 de junho de 2016

Ressentimento


O coração quando ressentido se tranca numa sombria prisão de grades, ferrolhos de ferro e paredes de pedras.
O coração ressentido morre lentamente, curtindo seus pensamentos de autocomiseração que o alimentam de mágoas e potencializam a dor.
Quanto mais se ressente mais cria a profundidade de seu abismo, tornando a reparação impossível.
O coração ressentido morre na solidão, pois mesmo diante da ajuda salvadora não consegue usa-la.
Existe somente uma esperança para tal coração.
Se destituir de seu imenso e sofrido orgulho.
Isso o livrará de seu próprio decreto de morte.


Seguir por Email

Translate

Total de visualizações de página

Estatísticas