segunda-feira, 3 de julho de 2017

Dualidade


Sorrindo...
orgulhoso dizia:
“nunca me entristeci
com o medo
de perder alguém”

Chorando...
envergonhado escondia:
“nunca me alegrei
por não ter a coragem
de assumir alguém”


Seguir por Email

Translate

Total de visualizações de página

Estatísticas