sábado, 6 de junho de 2015

Sem moderação



Já li frases assim: use com moderação, coma com moderação, recomenda-se moderação, beba com moderação....
Entre as tantas coisas maravilhosas da vida, acredito que “o amor” só pode ser validado com a intensidade plena, sem restrições.
O “amor” não combina com uma miserável doação de afetos, nem com bocadinhos, nem com a mesquinhez de sentimentos.
Se realmente é “amor”, então se entregue sem moderação.


Seguir por Email

Translate

Total de visualizações de página

Estatísticas