sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Margarida, Violão e Cavaquinho


No dia do meu enterro,
vou levar meu cavaquinho    
e o meu violão.

Acho a Margarida muito boa!
Não desafina, não destoa,
dela também não abro mão.

Eu vou pro céu com muito amor!
Lá prá cima vou casar,
se a Margarida me dizer “sim”.

Vou fazer o meu convite,
mas já tenho um palpite:
que ela não vai aceitar.

Se isso acontecer,
vou falar ao Salvador
que eu não viajo sem o meu par.

Se isso acontecer,
vou pedir ao Salvador
que por aqui quero ficar.

Eu não vou mais não,
por aqui eu vou ficar
e com Margarida me casar.


Seguir por Email

Translate

Total de visualizações de página

Estatísticas