terça-feira, 25 de novembro de 2014

Memórias de uma querida vovó


Minha avó se foi.
Com ela muitas lembranças
de seu rico viver.
Minha avó se foi.
Com ela minhas esperanças
de muitas coisas saber.
Deixou saudade!
Esta não se calou,
perpetuou.
Oh...vó querida,
colhi tão pouco de sua memória,
de sua história, da minha história.
Momentos, você me ofereceu.
Eu não estava maduro, ...não sei, não aproveitei.
O que sei é triste.
Que sei que tão pouco sei.
Se o tempo voltasse
e eu como agora enxergasse,
eu diria: "minha adorável vovózinha
conta mais uma historinha,
também a sua história,
nem que seja só mais uma vezinha".


Seguir por Email

Translate

Total de visualizações de página

Estatísticas